O pior tipo de hipster é o nerd

Publicado: 25 de maio de 2015 em Opinião
Tags:, , , , , , ,

(Publicado originalmente no Contraversão em 21/08/2013)

hipster1

“Se você acha ‘OK’ que o cara que te zoava por ler gibi na escola agora pagar de entendido por ver dois filmes do Wolverine… Daí vai do seu coraçãozinho. O meu não acha justo!”

Presenciei nas últimas semanas duas ondas de fúria nerd que considerei, para ser educado, desnecessárias. A primeira veio de um anúncio mal interpretado da autora de saga Crepúsculo, onde anunciou que gostaria de passear pela Terra Média. Multidões ergueram tochas e ancinhos, ao invés de ler o texto original e perceber que ela só manifestou uma vontade de escrever fantasia medieval. A inquisição das redes sociais é tão manipulável e implacável quanto a de Torquemada.

A outra veio de um bate-papo entre amigos sobre Círculo de Fogo, filme sobre robôs e monstros gigante de Guillermo Del Toro. Vi o filme e gostei bastante, mas parece que sou uma exceção à regra entre os entendidos do assunto. Li coisas como “O diretor chegou tarde em uma festa que já acabou”, “Já fizeram coisa melhor antes” e a que considerei melhor de todas “Pacific Rim é tão coisa pra civil que todo otaku de meia tigela sabe que cockpit de mecha não fica na cabeça, isso é uma heresia contra todo o cânone dos robôs japoneses”.

Aparentemente, o fato de termos lido Tolkien, HQs do Wolverine ou ter visto Gundam em VSH nos coloca acima do patamar de meros mortais, como se fôssemos conhecedores de um saber oculto que só pode ser obtido mediante uma iniciação formal. Olha, sinto muito dizer, mas não.

hipster2

Já ouvi mais de uma vez que não pode se considerar nerd quem não sofreu o mesmo tanto que nós sofremos para chegarmos aonde estamos, como se fosse preciso sofrer a Ditadura para aproveitar a parca democracia que temos atualmente.

Sofrimento?

SOFRIMENTO?

“Ah, mas antes eu tinha que ralar muito pra comprar minhas cartas de Magic”. E DAÍ? Você por acaso caça as coisas que come? Então por que raios é um problema que seu maldito joguinho de cartas esteja a venda em qualquer shopping?

“Ah, mas nós nos aprofundamos em várias coisas e aí vem a indústria cultural e nivela tudo por baixo”. Sinto muito em te dizer novamente, mas estas coisas que você considera foda nada mais são do que nivelação por baixo de coisas mais antigas. Tolkien subverteu várias lendas para crias os seres da Terra Média. Dungeons & Dragons subverteu vários aspectos da obra de Tolkien. Porra, o próprio D&D subverteu suas próprias regras! Então, acredite, em algum lugar tem um velho te xingando por ter pervertido algo sagrado para ele.

hipster3

A próxima geração sempre vai ser mais fútil e rasa aos olhos da geração atual. Parem de confundir leitura de livros e HQs, ou assistir a filmes, animes e séries como algo similar a Física Quântica, Latim e Química. Você não precisa estudar Game of Thrones para gostar dos livros (ou da série) e querer acompanhar.

O nerd precisa parar de ter este comportamento hipster, de ficar lamentando quando seu herói / série “ficou pop”. Porque foi este comportamento que os Applefags tiveram quando o Instagram ganhou versão Android. E os mesmos que falam em “bazingação” tiraram sarro os usuários de iPhone na época.

Então compre encadernados de HQs antigas, boxes dos seus filmes e séries favoritas e se isole no seu “antes era melhor”, mas, pelos louros de César, não ache que ler gibis desde 1970 te torna melhor que alguém. Só te torna chato.

hipster4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s