Pegue sua toalha e não entre em pânico!

Publicado: 25 de maio de 2015 em Hã?
Tags:, , , , , , , , ,

(Publicado originalmente no Universo Fnac em 25/05/2013)

nerd1

Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa”.

nerd2

O trecho acima é do terceiro capítulo do primeiro volume do Guia do Mochileiro das Galáxias. Esta série de livros escrita pelo britânico Douglas Adams narra as aventuras de Arthur Dent e seu amigo alienígena Ford Prefect. Quando a Terra é destruída para virar um trecho de uma rodovia intergalática, eles escapam por pouco pegando carona em uma nave interestelar e vivem uma série de eventos insólitos em companhia de personagens únicos: o deprimido robô(!)Marvin (o Androide Paranóide) e Zaphod Beeblebrox, o semi-primo de Ford e o Presidente Galáctico, entre outros.

Originalmente uma série radiofônica veiculada na BBC Radio 4, foi adaptada para os mais diversos formatos: livros, HQs, filme, teatro, videogame e série de TV. Ao lidar com conceitos como tecnologia do futuro e evolução nas mais diversas esferas do conhecimento humano, a ficção científica ficou conhecida como uma literatura séria e densa, mas Douglas Adams quebra esse paradigma. Tendo trabalhado em sua juventude com a trupe do Monty Python’s Flying Circus, desenvolveu também um humor ácido e ao mesmo tempo profundo. Logo, foi natural misturar os pesados temas da ficção científica com o cínico e nonsense humor britânico.

nerd4

Douglas Adams faleceu no dia 11 de maio de 2001 e seus fãs queriam homenageá-lo de forma bem humorada. No dia 25 de maio do mesmo ano, diversos membros do h2g2* fizeram a primeira homenagem ao autor, com todos saindo pelas ruas de toalha. A data passou então a ser conhecida como Dia da Toalha e diversas pessoas circulam pelas ruas com suas toalhas nos ombros, em referência à maior e mais famosa obra de Adams.

A série de livros “O Guia do Mochileiro das Galáxias” é composta por “uma trilogia em cinco volumes”, todos publicados no Brasil pela Sextante e podem ser encontrados aqui.

nerd5

* A h2g2 é a maior comunidade virtual do mundo dedicada ao universo de O Guia do Mochileiro das Galáxias. Foi criada com o intuito de ser um manual sobre a vida, o universo e tudo mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s