Os Invisíveis – E.S.P. – Parte 4

Publicado: 5 de agosto de 2016 em Novelas
Tags:, , ,

torre

A confraternização era em um apartamento de uma delas, próximo ao parque. Dava para ir a pé até lá. No meio do caminho, Dante ficou um pouco mais atrás com o resto do grupo e comentou:

– Galera, a casa delas é exatamente em cima da Linha de Ley que passa pelo Parque Trianon e pelo MASP, queria acreditar que é coincidência, mas…

– “Coincidências não existem”. – disseram todos, contendo a risada.

A turma toda chegou ao prédio. Entraram, subiram pelo elevador e chegaram ao apartamento. A decoração imediatamente chamou a atenção. Havia um pentagrama vermelho pintado no teto, estátuas de bruxas, pôsteres de lobos, uns cinco gatos circulando e uma enorme espada de duas mãos pendurada atrás da porta. Leósias aproximou-se de Noname:

– Caralho, cê viu aquela espada? Acho que não devíamos ter dispensado os Ice Knigths. –começou a olhar ao redor. – E, outra coisa, essa casa era pra ser um poço de energia negativa, mas os gatos e o pentagrama estão amenizando a coisa toda. Mesmo assim, eu consigo sentir. Vamos erguer um Círculo Branco em torno de nós.

– Círculo Branco? – Noname contorceu o rosto com desdém. – Porra, isso é técnica dos Rosa-Cruzes Áurea!

– Eu sei. Mas é fácil e rápido de fazer, além de nos proteger dos ataques psíquicos e mentais mais óbvios. Vamos falar com os outros.

Visivelmente contrariado contrariado, Noname saiu para passar o recado. Então chegou perto de Leósias um rapaz alto, forte, careca, de bigode, cavanhaque e óculos escuros. Ele estava no encontro com a donas do apartamento Abriu um sorriso nem um pouco sincero e perguntou:

– Lembro que você falou lá no ESP que lia tarô. Por acaso seu baralho tá aí?

Leósias resolveu entrar na conversa enquanto tentava entender a situação:

– Tá sim.

– Tem como você ler pra mim?

Decidiu ver aonde aquilo ia dar:

– Claro, só vamos para um lugar mais reservado.

Enquanto os dois saíam da sala para ir a um dos quartos, começa a tocar alguma coisa das Velhas Virgens no rádio e as meninas apareceram com garrafas de vinho e whisky. No quarto, Leósias sentou em uma das camas, abriu sua bolsa, tirou uma caixa de madeira com uma estrela do caos feita em marchetaria e pegou seu baralho. O rapaz pareceu realmente impressionado ao vê-lo:

– Nossa, que tarô é esse?

– O da Vertigo. – como o cara pareceu saber o que era, ele continuou. –  Foi o capista do Sandman, Dave McKean, quem desenhou as cartas. Vários personagens dos quadrinhos estão aqui: Constantine, Sandman, Tim Hunter…

Mas subitamente a porta se abriu e surgiu Bela, com um sorriso milimetricamente calculado em seus rosto. Era um sorriso mais bonito e mais ensaiado que o do rapaz, mas também havia algo errado nele. A garota olhou para os dois:

– Centaurus querido, posso propor um jogo ao nosso amigo?

– Claro! – ele respondeu, agora sorrindo satisfeito.

Leósias começou a estranhar a situação e então percebeu que não teve tempo de erguer o Círculo Branco! Será que os outros lembraram? Acende um cigarro para manter o ar de calmo. Faiscando empolgação, Bela continuou:

– Por que você não lê tarô pro pessoal lá da sala? Quem sabe adivinhe o que está rolando…

O tal de Centaurus era grande. Encará-lo na mão era pedir para apanhar. E Leósias ainda não sabia que tipo de poderes ou habilidades Bela tinha. O jeito era continuar o esquema. Calmamente estendeu um lenço com uma estrela do caos estilizada e embaralhou as cartas Concentrou-se por alguns instantes, deu uma tragada em seu cigarro e tirou cinco cartas, as colocando em forma de cruz. Então lentamente virou uma a uma.

A Lua.

O Demônio.

O Louco.

A Carruagem.

A Torre.

Imediatamente colocou as cartas na caixa e levantou-se, mas Centaurus o empurrou de volta na cama e, ainda sorrindo, e estralou o dedos:

– Quem disse que vai sair daqui?

Precisava pensar rápido! Estava sentado na cama, com a caixa do tarô nas mãos e o sujeito em pé em sua frente. Respirou fundo e deu um soco no saco do cara.

– AAAAAHH!! FILHO DA PUTA!

No Centaurus se abaixou em um misto de dor e surpreso, Leósias acertou sua caixa de tarô com tudo na cabeça dele. Ofegante, ficou esperando o grandão levantar, mas parecia que golpe foi bem dado.

– Nossa, não esperava que soubesse brigar.

A garota! Leósias havia se esquecido dela! Tentando se recompor, brincou:

– A gente não sabe, mas improvisa.

Ela começou a se aproximar lentamente, com um brilho no olhar. Seu sorriso virou uma sexy mordida no lábio inferior e abriu dois botões do vestido:

– Não quer improvisar comigo? Garanto que vai ser bem divertido…

Paralisado, Leósias analisava a situação. Ela era bonita pra cacete. Tinha um ar gótico: pele clara, longos cabelos negros, gostosa. Parecia boa de cama. Praticamente um fetiche ambulante. De repente poderia tirar uma casquinha e depois ver como estavam os outros. Por que não?

Bela colocou as mãos no peito dele, dizendo com uma voz rouca:

– Hum… Por trás dessa magreza aparente parece que temos alguém gostosinho…

Mas ele saiu correndo, pegou a chave da porta e trancou a porta do quarto por fora. Bela estava tão certa de que o seduziria que ficou sem reação. Com o som alto ninguém na sla, iria ouvi-la batendo.

Só então Leósias pode ver o que estava acontecendo e confirmou o que havia lido nas cartas. Quase todos estavam se esfregando, se pegando. Achou Dante desmaiado em um sofá, visivelmente bêbado. Drafenna, Noname e Camis em um canto, os três se agarrando com um tesão selvagem. Ninguém conseguiu fazer Círculo Branci e todos caíram na armadilha!

Noname finalmento viu Leósias e aproximou-se, empolgado:

– Olha quem tá aí! Ei, cara, join us! Join us!

– Join us? – retrucou Leósias, indignado. – Saiam dessa! Fomos pegos! Temos que cair fora daqui!Mas Camis se jogou em seu pescoço:

– Por que você não relaxa e aproveita?

Antes que Leósias pudesse responder, ela o beijou com gosto. Ele não estava pronto para ser atacado por um dos seus e, tomado por uma onda de tesão, a agarrou também. Logo encontraram um espaço em um dos sofás e se jogaram ali. Todos se entorpeceram naquele ambiente de bebidas e luxúria…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s