A história de Ethos – Parte I: o aprendiz ambicioso

Publicado: 2 de janeiro de 2017 em Dungeons & Dragons, rpg
Tags:, , , ,

(Aviso: este cenário que uso atualmente em minha campanha de Dungeons & Dragons 3.5 é um misto de elementos do próprio D&D com Hero Quest, Tormenta e Fighting Fantasy, logo vocês encontrarão eventos, lugares e personagens deste quatros jogos e de muitos outros lugares. O mundo de Ethos está sendo compartilhado a pedido dos companheiros de dados da Ethernalys Role Playing & Games e tem a intenção de dividir com outros mestres e jogadores a experiência de criar um jogo a partir daquilo que gostamos em outros sistemas e cenários. Espero que gostem e fiquem à vontade para usar este elementos em seus jogos e campanhas!)

No Ano do Cavalo 85 a.C (antes o Caos), o nobre e poderoso arquimago conhecido apenas como Mentor sentiu que era o momento de procurar um novo Guardião para o Livro da Sabedoria. Um dos artefatos mais poderosos e valiosos de todo o mundo conhecido, este livro contém toda a história do que aconteceu e do que acontecerá, e dizem ter sido entregue ao seu primeiro Guardião pelos próprios deuses, que afirmaram ter encontrado esta obra quando acordaram. Suas palavras não são claras e não devem ser tratadas de forma leviana, de modo que o Livro da Sabedoria costuma ficar em locais de difícil acesso e somente é consultado por seu Guardião, o cargo mais importante de todo o Império. Mesmo o próprio Imperador jura lealdade e obediência aquele que guarda tão importante tomo.

Se houve algum Guardião do livro antes do Mentor, ninguém mais se lembra. Porém, guiado pelas palavras ali escritas, o ancião percorreu todo o continente em busca de um aprendiz. E na cidade de Khalos conheceu Sargon, um jovem de inteligência excepcional. Após conversar com os tios que cuidavam do rapaz, Mentor voltou com ele para Murin, capital do Império. Após apresentá-lo ao Imperador Arter e Aurin, o Mago Imperial, Sargon instalou o rapaz em seus aposentos e iniciaram os treinamentos.

Mentor, o antigo Guardião do Livro da Sabedoria.

Mentor, o antigo Guardião do Livro da Sabedoria.

Mentor ensinou ao jovem Sargon como conjurar magias, preparar poções, escrever pergaminhos e confeccionar itens mágicos. E em todas as vezes foi surpreendido com a rapidez e precisão de seu aluno em cada etapa do aprendizado, agradecendi ao Livro da Sabedoria pela oportunidade de poder compartilhar seus conhecimentos com alguém tão prodigioso. Até que, 20 anos depois, em uma madrugada de muito calor, surpreendeu seu pupilo, sozinho, lendo o livro.

Ao mesmo tempo surpreso, admirado e assustado, Mentor em um primeiro momento perguntou a Sargon como ele havia conseguido, sozinho, compreender as palavras do Livro da Sabedoria, uma vez que aquilo não lhe fora ensinado. O jovem que disse que simplesmente sabia ler e vinha passando noites ali entre todo aquele conhecimento. Aquilo trouxe preocupação ao coração do ancião.

O Livro da Sabedoria.

O Livro da Sabedoria.

O velho tentou explicar ao seu aluno que ele ainda não estava pronto para aquelas palavras, mas foi em vão.  Sargon acreditava que havia conquistado o direito do livre acesso ao livro e se irritou com o que ouviu. Disse que ninguém o impediria de ter compreender que estava contido ali, nem mesmo o Mentor. Algo despertara a cobiça do jovem mago e ele parecia disposto a tudo para ir adiante. Reconhecendo seu erro ao escolher Sargon como aluno, Mentor tentou usar um feitiço para tirá-lo dali, mas foi impedido pelo rapaz.

Iniciou-se então um violento combate mágico dentro do coração do Império. Sargon tentava fugir com o Livro da Sabedoria e Mentor buscava prender o jovem. O Imperador Arter e Aurin acabaram por se envolver na batalha e, ao final dela, todos perderam. Sargon conseguiu fugir, mas sem o livro. O Palácio Imperial quase foi destruído, o mago real faleceu e muitos ficaram feridos. Mas a maior perda foi para o jovem Príncipe Mikal, pois seu pai também faleceu no combate e e sua mãe, a Imperatriz Isabelle, morreu soterrada pelos destroços de seu próprio quarto em meio à destruição do combate.

Sargon quando era aprendiz de Mentor.

Sargon quando era aprendiz de Mentor.

A dura batalha havia ferido o corpo e a alma de todos os envolvidos. O jovem Mikal saiu em uma jornada pelo mundo junto com Wardoz, aprendiz de Aurin, em busca de recursos e poderes para o retorno do algoz de seus pais, deixando o Império nas mãos de Dasmius, Sumo-Sacerdote de Pelor. Mentor se isolou do mundo para estudar onde havia errado ao interpretar as palavras do Livro da Sabedoria. Era o Ano do Tigre 60 a.C. e, por bom tempo, somente Dasmius viu o Guardião. A cabeça de Sargon foi colocada a prêmio por todo o Império e além, mas ninguém o encontrou.

Anúncios
comentários
  1. Walison Jorge disse:

    Execelente material, fora a nostalgia de ver elementos do Hero Quest e o cenário de Tormenta envolvidos, aguardando ansioso pelo restante do material.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s